A HISTORIA

"Tudo começou em 1977, na zona de Odivelas com o aparecimento da Rádio Juventude, era uma emissora pirata que funcionava aos Sábados e Domingos em 100 MHz, com os seus estúdios escondidos num sótão de um prédio de habitação. Era constituída por uma equipa de radioamadores e radio-técnicos que encontraram assim uma boa forma de ocupar os seus tempos livres e entreter a população da área de Odivelas e terras mais próximas. Eram emissões interessantes. Com poucos recursos e com material muito simples, conseguiam bastante qualidade nos seus programas. Emitiam música ao gosto dos ouvintes e tinham noticiários com informação local, que era coisa que nunca ninguém tinha ouvido antes em Portugal. Muitas foram as vezes, que foram vítimas de perseguições por parte dos Serviços Radioeléctricos. Mas sempre conseguiam fugir com os equipamentos "às costas".

Esta emissora deu lugar a partir de 1979 a uma nova estação que emitia na mesma frequência (100 MHz) e na mesma localidade, a Rádio Imprevisto. Se a primeira já tinha algum sucesso junto da população, esta teve muito mais ainda. Era muito mais forte em todos os aspectos, a programação era muito melhor e mais completa, as emissões passaram a ser diárias e a cobrir toda a área de Lisboa. Nesta época os custos começaram a ser suportados por publicidade a nível do comércio local. As perseguições mantinham-se, mas os "piratas" resistiam sempre. A Rádio Imprevisto, mais tarde mudou os seus estúdios para a vila da Pontinha e aí se manteve com programação 24 h no ar até 1988, data em que surgiu a nova lei da rádio e em concurso público foi reprovada.

Falamo-vos da Rádio Imprevisto com todos os pormenores porque foi a primeira a emitir "a sério", no entanto a partir de 1979 começaram a surgir outras, como a Rádio Saturno de Odivelas em 101.6 e mais tarde em 102 MHz, era uma rádio também muito boa e veio a conquistar ainda mais ouvintes que a Imprevisto. A Rádio Saturno chegou a ser ainda mais ouvida que as rádios estatais na zona de Lisboa. Podemos concluir que foi em Odivelas que se deram os primeiros passos para a rádio local em Portugal.

Em 1982 houve uma invasão de rádios novas em Odivelas e Amadora. Em 1986 essa invasão já se tinha espalhado a todo o país. Em 1988 existiam cerca de 350 rádios piratas em Portugal.

Quando se realizou o concurso público, previsto pela nova lei da rádio em 1989, foram aprovadas cerca de 60% (aproximadamente) das que eram ilegais, as restantes emissoras aprovadas, foram criadas na altura do concurso, essas nunca emitiram clandestinamente."

Emissão Online

Contacte-nos

Email

Responderemos o mais rápido possível.

Doação

Ajude-nos a crescer ... não deixem a nossa emissão parar , basta doar um valor simbólico para :

IBAN : PT50 0007 0000 0034 2964 1622 3

MBWAY : +351 915 894 683

© 1998 - 2021 NR INFORMATICA. All Rights Reserved.